Mania de Entender

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

A Renovação da Esperança

Nestes últimos meses eu e minha esposa temos curtido a gratificante experiência de aguardar o nascimento de nossa filhinha. E acompanhando a gestação de minha amada, pus-me recentemente a pensar sobre o importante papel das mães e para ser mais específico, sobre a estarrecedora experiência de Eva, mãe da humanidade. Como será que ela se sentiu no momento de prestar contas do seu erro a Deus? Naquele instante, já havia sido enganada por satanás e agora estava sendo acusada pelo próprio marido. Com certeza, um forte sentimento de culpa e solidão devem ter assolado aquele coração no momento em que o inimigo apontava suas falhas diante do Senhor e que o próprio marido tentava “limpar sua barra” arremessando toda a culpa sobre sua pessoa. Terrível momento deve ter sido aquele. Envergonhada, culpada, sozinha e traída.
Mas, ao pensar em tudo isto eu me surpreendo com a sabedoria do meu Deus que no exercício de sua justiça, revelou a culpa coletiva distribuindo a sentença, mas se compadecendo - com sutileza - daquele coração feminino. Digo isto, porque apesar do seu erro e das conseqüências que o acompanhou, Eva recebeu de Deus uma promessa de honra. A honra de ser, a mulher, o meio escolhido pelo Senhor para trazer ao mundo o redentor de toda a raça. Verdadeiramente Deus é aquele que se compadece dos desamparados. A porta que satanás escolheu para derrubar a humanidade foi a mesma escolhida por Deus para redimi-la e exaltá-la. A coroa da criação haveria de ser restaurada e talvez por isto ao longo do tempo, a mulher tenha sido tão perseguida, discriminada e subjugada. É tremendamente significativo saber que cada gravidez, a partir daquele momento, teria um novo significado e que cada grávida seria a portadora de uma mensagem. A mensagem de que aquele ato não mais representa apenas a continuidade da raça, mas principalmente a reafirmação de que graça de Deus faz a humanidade valer a pena. Cada nascimento, era uma expectativa cósmica da vinda do messias, cada criança uma testemunha viva de que o amor de Deus supera nossas limitações e faz nascer em todo o tempo uma esperança de um futuro melhor.


Soli Deo Glória

Pr Rodrigo Gonçalves

Um comentário:

Paulinha disse...

Gostei muito!!!

Como pude me casar com alguém tão inteligente assim?
Deus me ama mesmo...
A renovação da nossa esperança já chegou... como nossa vida já mudou, não é mesmo?
Deus é fiel! Seus planos nunca podem ser frustrados, Ele nos tem sustentado! OH Glória!

Como é maravilhoso servir a este Deus!

Sou muito feliz! Ter um marido como vc e agora ser a mãe de sua filha...

Que o Senhor Jesus continue te capacitando para toda boa obra,
estarei contigo nesta caminhada.

Te amo!